quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Temperamento, Personalidade, Caráter

TEMPERAMENTO

            Segundo Hipocrates, classificado em quatros tipos:
·                                                                                       Sanguíneo: humor variado
·                                                                                       Melancólico: pessoas tristes e sonhadoras
·                                                                                       Colérico: caracterizado por um desejo forte e sentimentos impulsivos, com predominância da bele.
·                                                                                       Fleumático: pessoas lentas e apáticas, de sangue frio.

            Pavilov, usando desta teoria verifica nos animais estes temperamentos, notando a relação deles com o sistema nervoso e fatores biopsiquicos. Deu-se então varias pesquisas com neurotransmissores, processos genéticos, biopsíquicos e nervosos,acreditando estar neles a diferença de temperamentos.
Dois sistemas que explicam o temperamento:
1.                                                                                     Sistema humoral: se liga ao estado do organismo com a proporção de líquidos e humores que circulam pelo organismo (temperamentos: melancólicos, fleumáticos, colérico e sanguíneo)
2.                                                                                     Sistema constitucional: diferentes compleições do organismo e sua estrutura física, relação entre características físicas e psicológicas.

            O temperamento representa a peculiaridade e intensidade individual dos afetos psíquicos e da estrutura dominante do humor e motivação. Certa característica decorrente de processos fisiológicos do sistema linfático, bem como ação endócrina de certos hormônios. Explicando a genética e a interferência do meio sobre o temperamento de cada pessoa.
            Sendo o temperamento, uma disposição inata e particular pronta para reagir a estímulos ambientais; maneira de ser e agir geneticamente determinado; aspecto somático da personalidade.

PERSONALIDADE

            Formada durante as etapas do desenvolvimento psico-afetivo, desde a gestação. Sua formação inclui tanto os elementos geneticamente herdados (temperamento), como os adquiridos pelo meio ambiente no qual a criança esta inserida.
Segundo Freud, o inconsciente guia os comportamentos da pessoa e Skinner, a aprendizagem se dá pelo condicionamento.
            A organização dinâmica dos traços no interior do eu (genes herdados, experiências vividas e percepção de mundo), torna cada individuo único em sua maneira de ser e desempenhar seu papel social.
            A personalidade é formada por dois fatores básicos:
1.                                                                                      Hereditários: determinados a partir da concepção, herança genética dos pais, características físicas alem do temperamento.
2.                                                                                     Ambientais: cultura, hábitos familiares, grupos sociais, escolar, responsabilidade, moral e ética, etc. são as experiências vividas.
            Ela é única, apoiada em uma estrutura biopsicossocial, dinâmica, adaptável e mutável.
Strelau e Angleitner (1987), diferenças entre personalidade e temperamento:
TEMPERAMENTO
PESONALIDADE
Biologicamente determinado
Determinada pelo ambiente social
Características identificadas ainda na infância
Moldada durante os períodos do  desenvolvimento infantil
Diferenças individuais temperamentais como ansiedade, extroversão-isntroversao, também observadas em animais
Observada apenas em seres humanos
Apresenta aspectos estilísticos
Apresenta aspectos comportamentais

Refere-se à função integrativa do comportamento humano

            Segundo Phillips a personalidade é uma integração de todas as características cognitivas, afetivas, físicas de um individuo, como elas se manifestam em determinadas situações e o significado dado por cada indivíduo a elas.

CARÁTER

            São os aspectos que foram gravados em cada individuo durante o seu desenvolvimento.
Segundo Wilhelm Ruch é o conjunto de reações e hábitos de comportamento que são adquiridos ao longo da vida, que marcam e moldam uma pessoa. É composto de atitudes habituais de uma pessoa e de seu padrão de consciência de respostas para variadas situações. Atitudes e valores conscientes, o estilo de comportamento (timidez, agressividade, etc.), atitudes físicas (posturas, hábitos de manutenção e movimentação do corpo). Forma como a pessoa se mostra ao mundo, com seu temperamento e sua agressividade.
É formado durante as fases do desenvolvimento psico-sexual até ser formado por completo ao fim da adolescência.
Por meio do caráter se manifestam personalidade e temperamento, os traços que determinam o conjunto de seus atos.
            Sua formação será determinada por vários fatores pelo momento em que ocorre a frustração durante o desenvolvimento, caso não haja frustração, haverá formação de caráter genital, abaixo a tabela demonstra a formação do caráter:

ETAPA
CARÁTER
COMPORTAMENTO
SUSTENTAÇÃO
Esquizóide ou núcleo psicótico
Esquiva
INCORPORAÇÃO
Caráter oral ou boderline
Dependência
PRODUÇÃO
Masoquista ou obsessivo compulsivo ou psiconeurótico
Lamentação e sofrimento ordem e limpeza
IDENTIFICAÇÃO
Fálico narcisista ou histérico ou neurótico
Poder

            O que irá determinar o caráter é a freqüência e intensidade de frustração, necessária para atingir o limiar da criança, que é individual.
Texto escrito a partir de resumo de apostila. Referência encontra-se ausente.

------

7 comentários:

  1. Amigo... gostei muito de seu blog!
    VOce saberia informar um autor que fale sobre essa nova onda de liberdade sexual que estamos vivendo, Com contextos historicos e perfil da sociedade em geral?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, não sei exatamente o que procura, mas acredito que esse artigo vai esclarecer algumas curiosidades:
      http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?pid=S1414-98932002000200009&script=sci_arttext

      Um abraço

      Excluir
  2. olá, o presente conteúdo (Temperamento, Personalidade, Caráter ) foi-me muito benefico e desde ja agradeço a postagem... necessito de uma abordagem acerca dos factores que influenciam na modificaçao dos caracteres e temperamentos, factores fisicos fisiologicos e factores psicologicos .
    obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A princípio o temperamento, segundo essa teoria não sofre alteração. Eles podem ser moldados pelas aprendizagens adquiridas durante a vida, que compõem o caráter.
      Influências culturais, sociais e demais aprendizados.

      Excluir
  3. Ola td bem ? Gostaria de fazer uma pergunta : "Temperamento" é Genetico ? vem de pai para filho ? "Carater "se molda ? se constrói ? a "Indole" é a soma ou resultado disso ? Sim ? Nao ? vc teria um material ? abraços ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia.
      Conforme o texto e vários outros, esta teoria trata do temperamento como sendo algo genético, biológico, passado de pais para filhos e o caráter características não inatas, adquiridas por meio de contribuições culturais e sociais. A interação entre esses dois aspectos dão a formação da personalidade (temperamento+caráter).
      Quanto a índole, é complicado dizer, pois os dicionários tendem a significar esta palavra como caráter e temperamento, não fazendo distinção entre os dois conceitos. Nos textos que li, a impressão que me passa é que aplicam a palavra com sentido de 'origem', sendo assim mais próxima de temperamento do que caráter.
      Há textos no Google Acadêmico que você pode gostar, como um dos artigos que compuseram esse texto: http://www.centroreichiano.com.br/intranetcr/especializacao/2009/M1/Aula3/INTRANET/PARTICULARIDADES%20SOBRE%20O%20TEMPERAMENTO,%20A%20PERSONALIDADE.pdf

      Até logo.

      Excluir
    2. Ok muito Obrigado

      Excluir